É necessário que o seu navegador tenha o suporte a javascript habilitado para navegar neste site. Tempo passa Tempo - Livraria Sêfer
  • 00 item(s) - R$ 0,00
Seu carrinho de compras está vazio.
  • Tempo passa Tempo

Tempo passa Tempo

Autor: Alberto Moghrabi
SKU: 9945
Páginas: 223
Avaliação geral:

Este terceiro livro de Alberto Moghrabi apresenta as mesmas qualidades que os anteriores: prosa agradável, capacidade incomum de encontrar sentido nas coisas miúdas da vida, genuíno interesse por aqueles com quem tem ou teve contato. Nas crônicas aqui reunidas, o leitor vai se deparar com membros da sua família, com seus filhos e amigos, com antigas namoradas, com desconhecidos que passeiam com seus cachorros na rua?

PRODUTO ESGOTADO
  • Este produto encontra-se esgotado no momento. Caso queira ser avisado quando este produto estiver novamente disponível para venda, preencha os campos abaixo.
  •  
  •  
  •  

Descrição

Este terceiro livro de Alberto Moghrabi apresenta as mesmas qualidades que os anteriores: prosa agradável, capacidade incomum de encontrar sentido nas coisas miúdas da vida, genuíno interesse por aqueles com quem tem ou teve contato. Nas crônicas aqui reunidas, o leitor vai se deparar com membros da sua família, com seus filhos e amigos, com antigas namoradas, com desconhecidos que passeiam com seus cachorros na rua – todos envolvidos num luminoso halo de carinho.

As lembranças de Moghrabi trazem à tona um universo vibrante e detalhado: “ganhei especial predileção em revisitar o passado, o meu especificamente”, confessa a certa altura. Percebe-se a importância que ganhou em sua vida a estadia em Israel, local onde se passam as três novelas que concluem o volume. O judaísmo, aliás, é para o autor uma fonte inesgotável de reflexões. Não o conteúdo da religião, mas certas cerimônias, um certo ambiente, o clube “A Hebraica”, as comidas – aquilo que ressoa, tem cheiro, textura, e aconchega a alma.

Alguém lhe disse certa vez: “ou esse cara teve uma vida muito interessante, ou ele tem muita imaginação.” Não é ou/ou: é e. Imaginação para discernir no aparentemente simples uma profundidade insuspeitada e para conferir densidade e calor às figuras que povoam sua memória; quanto à existência, ela se torna interessante porque é vivida na crença inabalável de que “nada em nossa vida é em vão.”

O olhar afetuoso de Alberto Moghrabi e o seu humor sutil mostram quão verdadeira é esta afirmação. E o leitor só pode lhe agradecer o presente que ele generosamente nos oferece nestas páginas.

Renato Mezan

* * *

"O autor que, na realidade, não vivenciou experiências na terra natal, tendo imigrado com seus familiares quando tinha um ano de idade, optou por um gênero bem ao gosto brasileiro, que lhe permite, graças à escrita coloquial e despreocupada, como o de uma conversa quase íntima, tratar de seus assuntos que, pelo tom leve, aparentam ser menos sérios do que realmente são ou foram. De modo sutil, conduz o leitor acerca de questões complexas, ao mesmo tempo em que, quase sem que se perceba, tece as críticas e considerações argutas sobre os temas selecionados."
Nancy Rozenchan

"...além da qualidade da escrita ao relatar os fatos, gostaria de manifestar a emoção pela qual fui tomado em razão do seu texto, pois, lembra um passado semelhante...para nós que somos filhos de imigrantes...na verdade seu texto é muito mais profundo e sério do que possa parecer à primeira vista..."
Dr. David Zylbergeld Neto, M.D

"...seus textos não são pasteurizados, aliás, são como pontos luminosos na imprensa judaica!"
Jose Tafla

"...ajudou-me a passar tranqüilamente as horas de espera no aeroporto, por causa dos atrasos dos aviões...tem uma maneira de escrever que faz a gente flutuar no enredo..."
Arlete Schinazi

* * *

Sobre o autor:

Nascido em Alexandria, em 1955, Alberto Moghrabi imigrou para o Brasil em maio de 1957, depois da família ter sido obrigada a sair do Egito, após a Guerra do Sinai, em 1956, entre israelenses e egípcios. Formado em economia, escreve desde o ano 2000. Neste período publicou crônicas na Revista Shalom, além de diversos artigos focados, principalmente, na expulsão de judeus de países árabes, em meados do século passado. Ganhou quatro prêmios literários, tendo publicado dois livros, o primeiro, "Pequenos Contos de Enredo Indeterminado", em 2001, e, "Umas Histórias", em 2003. É casado e tem dois filhos.

Sempre digo que o Alberto Moghrabi tem o texto e a percepção da vida que eu gostaria de ter. O seu sucesso como cronista neste terceiro livro que edito tem um plus, pois tem muito haver com a nossa vida de imigrantes, refugiados expulsos do Egito e que fomos bem recebidos no Brasil.
As histórias nas crônicas ganharam mais colorido com as novelas que dão um sabor diferenciado ao livro. E a vantagem de um livro de crônicas é que você pode ler uma, duas ou quanto vezes o seu tempo permitir sem perder o "fio da meada"!
Nessim Hamaoui

Avaliação dos Clientes

Seja o primeiro a avaliar este produto.
Newsletter